Deusa Ellen
-11%

Ellen

Ref.: RE9563
R$ 170,00 R$ 152,00

Escolha uma opção

Produto indisponível

Aproveite Também

Artemísia

R$ 8,00


Fabricada em Resina
Dimensões: 26cm x 11cm

Elen é uma deusa celta galesa muito antiga, associada às florestas, montanhas, rios, cachoeiras, animais selvagens (principalmente cervos, renas e alces), à Soberania, à fertilidade da Terra e é principalmente a guardiã dos viajantes e dos caminhos e trilhas. Ela é uma condutora de caminhos, sejam estes físicos, emocionais ou espirituais. Por si só, é Aquela que caminha entre os Mundos.

"Como a Donzela Verde, ela espreita entre as árvores nas florestas e bosques. Como a Venus Britânica, Deusa dos Jardins: ela é a Noiva Flor, com seus poços sagrados, encontrados principalmente no norte do país, ela é guardiã das correntes subterrâneas que carregam as Águas Sagradas. Estas correntes subterrâneas por si só são metáforas para a continuação secreta da Sabedoria Sagrada. Ela é a guardiã dos antigos caminhos em trilhas, os 'Leys', a kundalini corrente na natureza. E como a Deusa Chifruda, ela nos guia aos primeiros caminhos, o caminho migratório das renas e depois, ela nos guia ao caminho do Cervo Vermelho através das florestas. Daqui, ela nos conduz ao xamanismo perdido das Ilhas Britânicas... "

Fabricada em Resina

Dimensões: 26cm x 11cm


Elen é uma deusa celta galesa muito antiga, associada às florestas, montanhas, rios, cachoeiras, animais selvagens (principalmente cervos, renas e alces), à Soberania, à fertilidade da Terra e é principalmente a guardiã dos viajantes e dos caminhos e trilhas. Ela é uma condutora de caminhos, sejam estes físicos, emocionais ou espirituais. Por si só, é Aquela que caminha entre os Mundos.


"Como a Donzela Verde, ela espreita entre as árvores nas florestas e bosques. Como a Venus Britânica, Deusa dos Jardins: ela é a Noiva Flor, com seus poços sagrados, encontrados principalmente no norte do país, ela é guardiã das correntes subterrâneas que carregam as Águas Sagradas. Estas correntes subterrâneas por si só são metáforas para a continuação secreta da Sabedoria Sagrada. Ela é a guardiã dos antigos caminhos em trilhas, os 'Leys', a kundalini corrente na natureza. E como a Deusa Chifruda, ela nos guia aos primeiros caminhos, o caminho migratório das renas e depois, ela nos guia ao caminho do Cervo Vermelho através das florestas. Daqui, ela nos conduz ao xamanismo perdido das Ilhas Britânicas... "

Mercado Livre

Recanto Wicca